fbpx
Entrelinhas de Mulher

Deus me deu uma banana


 

Outro dia, eu li um post no Instagram que tinha uma pergunta linda de ser respondida: “O que Deus fez hoje para te deixar feliz?”. Li, sorri largamente e comecei a pensar nas respostas.

Sim, nas respostaS, porque consegui identificar muitas possibilidades!

O sol daquele dia me fez feliz!

Ter acordado naquela manhã, poder ter preparado o café da manhã para a minha família e saber que todos ao meu redor estavam saudáveis me fez feliz.

Saber onde ir trabalhar e ter como me locomover me fez feliz!

Poder responder o Whatsapp de bom dia dos meus pais no grupo da família me fez feliz.

E fui assim, sorrindo e pensando, mas fiquei com uma pulginha atrás da orelha porque tudo o que pensei não correspondia a expressão “hoje”. Eram pedacinhos de felicidade que enfeitavam minha vida desde sempre.

Ai perguntei pra Ele: “Além de tudo que Você me dá, haveria algo tão específico que pudesse marcar o hoje?”.

Lembro ainda de ter me desculpado por incomodá-Lo com aquela pergunta “tola”, pedir sua proteção para o dia e seguir com a rotina diária.

A banana

Cheguei ao trabalho e mergulhei nas atividades, desconectando-me daquela pergunta que fez meu coração sorrir!

Finalizei algumas pendências e sai às 10h30 para ir à ortodontista. Na minha cabeça, ajustaria rapidamente minha placa, passaria no mercado comprar bananas para meu lanchinho saudável e voltaria a tempo de almoçar no restaurante da empresa.

Como a gente põe e a vida dispõe (ou seria des-põe?), o ajuste da placa durou quase uma hora.

Saindo do consultório pensei, lá se foram as minhas bananas. Lá se foi meu lanche saudável… Respirei fundo, resignada e dirigi-me ao carro para retornar ao trabalho.

Neste exato momento, surge do além, bem diante dos meus olhos, uma Kombi com um simpático verdureiro e pergunta: “A vizinha não quer umas frutas e verduras fresquinhas?”.

Ele não deve ter entendido nada quando viu que meus olhos marejaram…

Respondi: “Sim, eu quero bananas!”. Acabei levando, além das bananas, maçãs e pêras.

Entrei no carro sem acreditar que Ele havia sido tão gentil e delicado, atendendo ao meu singelo pedido e respondendo a pergunta que eu havia feito logo pela manhã!

E aquela pulga atrás da orelha se transformou em linda borboleta, pois entendi que Deus nos manda bençãos em forma de mimos. Respostas em forma de coincidências. Amor em forma de amor.
Entendi que Ele se manifesta por meio de singelezas da vida que aquecem a alma, fazendo-nos sentir amados e conectados a Sua presença.
Entendi que Seu amor é atemporal! (embora eu tenha encucado com o “hoje” kkk)

Entendi que Ele responde de acordo com nossa capacidade de compreensão!

Comi ali mesmo

Aquela banana estava tão abençoada, que comi uma delas, ali mesmo! E não pude deixar de continuar pensando naquele milagre que havia acontecido comigo.

Milagre sim, pois toda situação que Deus se manifesta é um prodígio, uma maravilha e algo extraordinário.

Pensei também em como eu poderia compartilhar aquela sensação de proximidade com Ele e sobre o seu Amor.

E eis-me aqui escrevendo para você. Contando este “causo” que foi eleito como um dos mais significativos da minha vida: o dia que Deus me deu uma banana.

Os milagres e a presença de Deus acontecem o tempo todo, basta ter olhos de ver, ouvir de ouvir e coração de sentir!

E te pergunto enfim: “O que Deus fez para te fazer feliz hoje?”.

Sigo contigo no amor,

Dani

Quero te convidar para conhecer um pouco mais do meu trabalho! Acesse http://daniellelourenco.com.br/loja/. Você pode fazer o download gratuito de um “mini-livro” em pdf com textos afetuosos e conversas incríveis, que falam de coração para coração e também comprar meu livro “Amiga, coloque a calcinha para dentro da calça e outras conversas” (também à venda na Amazon).
Você pode curtir também a minha página do Facebook – Entrelinhas de Mulher.

COMPARTILHE

ENVIE SEU COMENTÁRIO