fbpx
Entrelinhas de Mulher

Feliz dia dos professores!


Dia dos professores

Saudações!

Amanhã é um dia mais que especial! Dia de homenagear os nossos amados professores!

Fonte: Visual Hunt

Esta data tem um significado mais que especial para mim. A educação é uma tradição familiar. Minha avó Nena foi professora em Paranaguá nos idos de 1920. Professora-leiga como ela mesma contava, cursou a quarta-série por três vezes, porque não havia como continuar estudando, até que foi convidada a dar aulas. Andava três quilômetros, no sol e na chuva para encontrar seus alunos e outros três para reencontrar o seu lar… Diariamente! Muito amor não? Ao casar, mudou-se para Guaraqueçaba e foi assumir, com o marido, um pequeno negócio. Mas nunca deixou de ensinar. Foi minha professora de amor uma vida inteira. As descendentes de Nena, todas foram educadoras: Isabel alfabetizava, Helena e Carmita ensinavam sobre alegria, Neuza era professora de Ciências e minha mãe atua como pedagoga até hoje, com seus bem vividos 71 anos, dos quais 52 são dedicados a ensinar. Eu sou professora, assim como minha irmã e muitas primas. A profissão, a qual considero uma missão de vida, está no nosso DNA.

E talvez por ter vivido este processo tão intensamente, vejo professores por todos os lados… Permito-me aprender com tudo e todos ao meu redor, pois a vida, a melhor escola de todas, oportuniza-nos aprender muito e o tempo todo!

A vida é sábia e nos coloca em salas de aulas para aprendermos matérias de acordo com nosso grau de maturidade, desenvolvimento e necessidades individuais. São currículos educacionais personalizados e incríveis. Transformadores.

Falando do meu plano individual de aprendizado, posso dizer que o sol me ensina, todas as manhãs, que sempre há uma chance de recomeçar. As sementes, mostram a beleza dos ciclos da vida: de semente a broto, de broto a flor, de flor a árvore, de árvore a fruto, de fruto a semente… O arco-íris fala de esperança, enquanto a fauna e flora são as professoras da diversidade. A brisa dá aulas de serenidade, enquanto as pérolas do fundo do mar, demonstram na prática, como sermos resilientes.

A dança ensina sobre graciosidade, os esportes falam de superação de limites e a música é professora de idiomas – o idioma de Deus e dos anjos. Os livros ensinam sobre história e imaginação.

Meus pais me ensinaram sobre família e abnegação. Meus irmãos mostraram, na prática, o conceito de companheirismo e história pessoal. Meu marido é meu professor particular de cumplicidade e parceria. Meus filhos são os melhores professores de amor e superação. Meus sobrinhos ensinam o valor da presença…

Todas as pessoas que passaram em minha vida também foram meus professores. Alguns, doces e serenos, trataram de temas tranquilos como amizade, carinho e cumplicidade. Outros, foram densos e implacáveis, falando de dor, traição, maldade. E sou grata a todos eles.

E tantos são os professores que encontramos na escola da vida, que é impossível que eu os contemple num único e despretensioso texto…

Desejo um dia feliz e pleno a todos os educadores! Meu respeito e minha admiração!

Concluo este texto, honrando todos os meus mestres, que me ensinaram tudo o que eu sei até o hoje, sentindo-me profundamente grata por tê-los em minha vida, independente do que e como me ensinaram: sou a soma de todas as coisas que aprendi!

Feliz dia dos professores!

Sigo contigo no amor!
Danielle

Quer acompanhar meus textos? Acesse o site daniellelourenco.com.br  e curta a minha página do Facebook – Entrelinhas de Mulher!

COMPARTILHE

ENVIE SEU COMENTÁRIO