fbpx
Entrelinhas de Mulher

Números e letras


Números e letras

Até esses dias eu tinha vergonha de contar que calço 39. Relutava em dizer que peso 80 quilos. Eu e os números tínhamos nossas diferenças…

1.64 de altura
46 anos
46 de manequim
1 bariátrica
1 plástica
2 botox
1 preenchimento
199 cabelos brancos
0.75 de grau nos óculos

Até que um dia…

Até que um dia!
Ah! E que dia memorável!
Deixei eles, os benditos números, falando SOZINHOS e fui conversar com as letras… Mudar de ares, sabe como?
MANA! Eu me apaixonei pelas letras.
Elas são divertidas e andam sempre em bando, de mãos dadas!
Elas são amáveis, não te rotulam nem acusam como faziam aqueles numerozinhos que se achavam os donos da razão.
Depois que nos tornamos amigas, elas me fazem ser mais feliz!
Às vezes, chegam rindo, na maior folia, cantando Iorc. Vão dançando em verso e prosa para mim!

Linda do jeito que é
Da cabeça aos pés
Do jeitinho que for…

Outras vezes, elas chegam mansas como brisa em tarde de verão e apenas sussuram:

São presença e me enviam recadinhos de ânimo e coragem!

Também sobem nas tamancas e ajudam-me nos paranauês da vida!

Não!
Basta!
Foda-se!

Tem como não amar? Tem como, pelas letras, como não me amar?

E foi o fim da história?

Depois que a minha vida encontrou as letras eu aprendi a não brigar mais com os números… Entendi, finalmente, que eles não me definem!
Mas se você pensa que esse foi o fim da história, enganou-se redondamente…
As letras acolheram minhas inseguranças, compreenderam meus medos e me ensinaram muito.
Mas as letras são o feminino do universo… são sabias, matreiras e amam nos tirar da zona de conforto!
Assim que me perceberem mais dona do nariz, começaram com novas lições!
Tudo foi tão sutil, que nem sei como se deu. Sabe aquela coisa que te arrebata e você nem se dá conta e não sabe definir nem como nem quando?
Então! Quando dei por mim, ELAS ESTAVAM DE TROLOLÓ com ELES!
Sim! As letras conversando, na maior intimidade, com os números!
Pensei, “mas gente!”.
Quando dei por mim de novo, eu estava conversando com os números…
Quando dei por mim outra vez, tinha aprendido a mais valiosa lição da minha vida: tudo na vida é reflexo…O mundo ao meu redor é tão somente um reflexo do meu universo interior.
Como estava de bem comigo, os números não me agrediam mais. Ou melhor, eu não me sentia agredida por eles…
Permiti-me ver o que eles tinham de bom e assim, expandi meus relacionamentos, percebendo que posso ser amiga de letras e números!
E descobri magia em mim!

46 capítulos de uma linda história de vida
Medidas de pura gostosura (46, 39, 80)
2 filhos
1 marido
5 afilhados
10 crianças que amo na minha vida
50 jovens aprendizes
1 dog
100 viagens
199 amigos
10000 alunos que já passaram pela minha vida
3 livros

E assim, fazendo as pazes comigo, fiz as pazes com os números e ampliei a alma de tamanho!

E você nesta história?

Não sei como estão seus vínculos com estes que hoje considero grandes amigos: letras e números…
Pode ser que como eu um dia, você deteste os números ou podem também, odiar as letras! Sim, eu sei que as letras podem nos ferir, contando coisas que teimamos em não ver! Ler nosso mundo interior pode ser BEM desafiador!
Seja lá como você estiver, eu te entendo, acolho e respeito! E já que chegou até aqui, junto comigo nestas bem traçadas linhas do meu texto, te digo: busque a harmonia nesta relação! Equilibre-se, lindamente, entre linhas e números!
E te convido: sigamos juntas, como as letras, que em uma lição de empoderamento feminino, dão as mãos aos números para contar histórias de amor para o mundo!

Sigo contigo no amor,

Dani

COMPARTILHE

ENVIE SEU COMENTÁRIO